Roberto Samartim (UdC) e a Base de Dados do Livro Galego no período autonómico em “Novas da Galiza” (outubro 2020)

No número 193 do periódico Novas da Galiza, correspondente ao mês de outubro de 2020, apresenta-se o trabalho iniciado neste ano, sob orientação de Roberto Samartim (UdC – Galabra) para a elaboração de uma Base de Dados do Livro Galego publicado entre 1978 e 2019.

Partindo da importância que o estudo do campo editorial  tem para a compreensão do funcionamento da(s) sociedade(s) e das lacunas de informação e de conhecimento a respeito deste espaço no sistema cultural galego contemporâneo, o artigo “Ferramentas livres para o estudo do campo editorial no período autonómico” (pp. 28-29) dá conta da privatização e da precariedade dos dados que interessam aos efeitos deste tipo de trabalho, referindo o processo de desenho da Base de Dados e a posterior construção da mesma por Ideia. Comunica & Inova, especialista em gestão de informação e colaboradora habitual da Rede Galabra.

Deste modo, enfrentando o desafio de reunir informação dispersa, fragmentada e pouco acessível, a equipa de Samartim procura não apenas criar a base de dados mais completa a respeito do livro galego no amplo período definido, mas também estruturar os dados de forma relacional.

Os primeiros resultados encontram-se no Trabalho Final de Graduação O campo editorial galego de 2003 a 2019: ferramentas de análise e teste sobre a produção das editoras incorporadas no período realizado por Lucía Cernadas Varela, apresentado em junho de 2020 e avaliado com a máxima qualificação.

 

Está prevista a próxima disponibilização em acesso livre e gratuito da Base de Dados.

O artigo completo encontra-se disponível em http://novas.gal/wp-content/uploads/2020/11/ngz193_web.pdf