Publicação do volume “Bem-estar comunitário e visitantes através do Caminho em Santiago” de Elias Torres Feijó (23.12.2019)

No fim de 2019 foi publicado por Elias Torres Feijó, no selo Andavira, este volume de 260 páginas que faz parte do projeto “Narrativas, usos e consumos de visitantes como aliados ou ameaças para o bem-estar da comunidade local” (Referência FFI2017-88196-R), parcialmente subsidiado por Fundos FEDER e Ministerio de Ciencia, Innovación y Universidades.

Na contracapa, a obra apresenta-se do seguinte modo:

“O presente volume trata da comunidade local e da sus relação com visitantes em dimensões culturais. Foca-se no caso de Santiago de Compostela e as relações estabelecidas entre a sua comunidade e o conjunto de visitante no quadro do predomínio do conceito e instituição Caminho de Santiago. Coesão social, identidades, espaços, consumos… perpassam o livro, onde se formulam ideias sobre o funcionamento das comunidades, como podem relacionar-se a elaboração e a transmissão de ideias sobre a cidade, através de grandes narrativas e diversos produtos culturais, com as práticas culturais de visitantes e a afetação das pessoas residentes. E alguns desafios presentes e futuros…”

A seguir, reproduzimos o índice do volume, organizado em quatro partes:

Cabe, ainda, assinalar que o autor cede os seus direitos em favor da associação educativa nos tempos livres Altair Galiza e da Escola Semente de Santiago de Compostela.