Artigo de Samartim e Pazos-Justo sobre “Impactos dos Caminhos na comunidade local de Santiago de Compostela” na revista Madrygal (05.02.2021)

Acaba de ser publicado o artigo “Impactos dos Caminhos na comunidade local de Santiago de Compostela: Resultados de um projeto de investigação em curso” de autoria de Roberto Samartim (UdC – Rede Galabra) e Carlos Pazos-Justo (Galabra – UMinho), na revista Madrygal, volume 23, correspondente a 2020 – Número Especial, sob o título de “Esa luz redentora da noite”. Estudos ofrecidos a Xesús Alonso Montero.

Resumo:
Este texto pretende ser um primeiro levantamento e síntese de resultados (não isento de autorreflexividade), do projeto de investigação “Discursos, imagens e práticas culturais sobre Santiago de Compostela como meta dos Caminhos” (FFI2012-35521), desenvolvido entre 2011 e 2017 por uma equipa de investigação multidisciplinar e interuniversitária vinculada à Rede Galabra (https://redegalabra.org/). O presente contributo seleciona a totalidade das publicações resultantes das análises representativas realizadas sobre secções do corpus geral do projeto referido, composto por sua vez por um corpus documental formado por livros, audiovisuais e sites, e por outro grupo de materiais constituído por inquéritos e entrevistas passados entre 2013 e 2015 a habitantes da cidade, comerciantes e visitantes (procedentes da Galiza, Espanha, Portugal e Brasil). O levantamento dos objetivos focados, o corpus analisado, a metodologia e ferramentas utilizadas e as principais conclusões ou hipóteses levantadas nos 21 produtos publicados no âmbito desse projeto de investigação permite concluir, entre outras questões, a validez da aplicação de métodos e procedimentos referenciados no trabalho por questionário ou no recurso ao Processamento da Linguagem Natural (PLN); o impacto da obra do escritor Paulo Coelho nas práticas de visitantes (nomeadamente brasileiros); ou, até, a centralidade da Igreja católica e da religião no entendimento tanto do Caminho como da própria cidade, juntamente com a construção de uma imagem de Santiago de Compostela e da comunidade local ligada à espiritualidade e o medievalismo.
Palabras-chave: Caminhos de Santiago; comunidade local; Santiago de Compostela; território; projetos de investigação; autorreflexividade.

 

Este trabalho é resultado do projeto “Narrativas, usos e consumos de visitantes como aliados ou ameaças para o bem-estar da comunidade local: o caso de Santiago de Compostela” (FFI2017-88196-R), financiado por: FEDER / Ministerio de Ciencia, Innovación y UniversidadesAgencia Estatal de Investigación.

 

Samartim, Roberto e Pazos-Justo, Carlos (2020) “Impactos dos Caminhos na comunidade local de Santiago de Compostela: Resultados de um projeto de investigação em curso”. Madrygal, 23, 307-32. DOI: http://dx.doi.org/10.5209/madr.73614